Bem vindo!!!

Nesse Blog postarei algumas matérias que fazem parte do meu dia a dia, serão matérias relacionadas a Direito, Corretagem, política, doutrinas cristãs e a viagens. Espero que gostem!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Por que sou Cristão?



Numa parábola moderna, esse incrível vídeo examina a vida de um homem buscando se libertar de sua condição miserável e se deparando com as falsas promessas das religiões até, finalmente, encontrar salvação em Cristo.

Você já se viu numa situação da qual você não conseguia escapar? E não só isso, mas da qual você também não sabia como escapar. Quando você precisa de ajuda, onde você procura? Como você consegue escapar? Muitos acreditam que há muitos caminhos que podemos tomar, mas esse vídeo demonstra de modo simples e claro que nenhum deles irá realmente nos ajudar a escapar de nossa situação.

Isso me lembra da conhecida história sobre C. S. Lewis, quando ele declarou qual era o conceito mais característico e diferente do Cristianismo. Numa citação direta de Philip Yancey em seu livro Graça Maravilhosa:

"Durante uma conferência britânica sobre religiões comparativas, os estudiosos de todo o mundo estavam debatendo se haveria alguma crença da fé cristã que seria singular, ou sem igual. Eles começaram a eliminar possibilidades. Encarnação? Outras religiões tinham versões diferentes de deuses que aparecem em forma humana. Ressurreição? Novamente, outras religiões tinham relatos de retornos da morte. O debate continuou por algum tempo até que C. S. Lewis entrou na sala. O que vocês estão discutindo?, ele perguntou, e ouviu em resposta que seus colegas estavam discutindo a contribuição singular do cristianismo entre as religiões mundiais. Lewis respondeu: Ah, isso é fácil! É a graça

A Graça faz a mensagem do Evangelho ser única e totalmente diferente das diversas religiões, pois ela marca a gritante diferença de acreditarmos num Deus que descerá num buraco para te resgatar em detrimento da concepção comum de um Deus que quer que você o agrade e conquiste a sua aprovação. A diferença essencial entre o Evangelho e as diversas religiões pode ser explicada pelas palavras "fazer" e feito".

Fazer - Todas as religiões do mundo têm a ver com boas obras ou boas ações. O mérito pessoal é o tema central de todas elas, que sempre enfatizam o que devemos fazer para nos salvarmos e nos relacionarmos com a divindade.

Feito - O Evangelho aponta para o que já foi feito e consumado, por Jesus Cristo, na cruz. É o seu sacrifício na cruz o que nos traz a salvação. Por isso, Jesus Cristo é o único caminho para o Deus que desce ao nosso encontro com a finalidade de construir um relacionamento conosco e, por fim, nos salvar da nossa vida problemática e pecaminosa. Somos livres por causa do Evangelho de Jesus Cristo. Não é a nossa própria justiça que leva à salvação, mas o dom gratuito da Graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário